Férias na fazenda

Quando chegam as férias pensamos como iremos nos divertir indo no shopping, ficar na internet ou ir à praia, mas nas férias de Marcela já era outra coisa:

- Mãe para onde iremos viajar nessas férias? Sua mãe Vânia disse com voz alta e clara:

- Iremos para a casa de sua tia Mariani, lá na fazenda, vai ser muito divertido. Marcela não queria ir para a fazenda e respondeu:

- Mas mãe... Na fazenda é chato e não tem ninguém pra eu brincar só a minha irmã a Melina que só tem cinco anos.

- Têm seus primos o Alexandre, a Melissa e o Jefferson, eles têm quase a mesma idade que você.

- Ok, lá tem internet?

- Você não vai levar nem celular nem notebook, você vai se divertir sem isso. Não teve jeito eles foram a mãe, o pai e Melina e Marcela, chegando a fazenda todos se cumprimentaram e foram almoçar, na mesa não tinha nada que Marcela gostasse, mas por educação ela pegou um pouco de arroz e um pedaço de frango. Após o almoço Alexandre e Melissa chamaram Marcela para passear pela fazenda:

- Marcela vamu dá uma vorta, digo volta pela fazenda? Alexandre vendo que ela não iria aceitar então completou a frase da irmã:

- Vai ser bem divertido e é melhor que ficar aí que tem muito mosquito. Marcela aceitou e eles foram para o estábulo ver os animais, ela se impressionou muito com o que tinha visto já que aquilo ela só via na TV, também contaram que lá perto tinha um lago e que eles podiam nadar lá depois.

Enquanto estavam andando pelo meio do mato encontraram uma menina desesperada pedindo por socorro, eles vendo que ela estava muito machucada perguntaram o que havia acontecido e Isabela, era o nome dela, respondeu:

- Aqui é muito perigoso, eu vi um macaco e ele me arranhou me mordeu, foi horrível e ai eu me perdi dos meus pais e não sei nem onde estou e tenho a sensação do que estou sendo perseguida, será que é o macaco?

- Há quanto tempo você está perdida? Perguntou Melissa

- Há uns três meses...

- Como você sobreviveu? Perguntou Alexandre

- Estamos em um lugar cheio de árvores frutíferas e aqui chove às vezes então foi meio que fácil. Todos se espantaram com a horrível história que Isabela havia contado. Para uma garota de nove anos ela sabia se virar muito bem, mas eles não esperavam dar de cara com aquela horrível criatura na volta para casa. Marcela que percebeu e disse com voz de medo:

- Gente pa...parece que a... a Isa tava certa. Alexandre não entendendo nada disse:

- Certa como?

- O macaco ta ali. CORRE! CORRE! Todos correram e se esconderam no galinheiro com a porta bem fechada, mas não adiantou muito porque as galinhas estavam agitadas e logo o macaco começou a arranhar a porta frágil de madeira que logo caiu. Enquanto isso na casa de Mariani todos estavam estranhado à demora das crianças, então Jefferson o primo mais velho de 14 anos foi até lá procurá-los e ouviu um grito de Melissa e foi ver o que havia acontecido, vendo a correria pegou um pedaço de madeira e deu uma paulada no animal quando ele estava de costas o fazendo desmaiar.

Depois da confusão chamaram o controle de animais para levar o bugio e os pais de Isabela que moravam numa fazenda lá perto, eles se mudaram para lá com a esperança de um dia achar a filha que tinha desaparecido há três meses, percebendo a confusão foram lá ver o que havia acontecido e viram à filha, eles ficaram muito felizes por terem achado Isabela e permaneceram morando no mesmo lugar. No caminho de volta pra casa Marcela tinha adorado:

- Mãe quando nós iremos voltar para a casa da tia Mariani e visitar a Isabela?

- Você não disse que será chato e agora já está querendo voltar?

- Eu acho que me enganei, essa foi a melhor viagem de férias que eu já fiz.

 

FIM!

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL , Sudeste , SAO PAULO , VILA CISPER , Mulher , de 12 a 15 anos , Livros , Casa e jardim , TV